domingo, 5 de agosto de 2018

Polícia Civil de Açailândia acaba com a “farra” dos diplomas falsos; seis professores estão presos

Do blog do Antônio Marcos




Com base em informações repassadas pela comissão de concurso da Prefeitura de Açailândia, a Polícia Civil, sob o comando do delegado Murilo Pedroso Lapenda deu início a investigação destinada a apurar a origem de diplomas de licenciatura em pedagogia, utilizados por candidatos ao cargo de professor.

Na primeira fase da investigação, ocorrida em 01/8/2018, foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva de professores que utilizaram diplomas falsos para ingressar no serviço público municipal.

Com base nas informações prestadas por eles, chegou-se à Vanderleia Bezerra de Menezes, suposta representante de instituições de curso superior em Açailândia, cuja prisão preventiva também foi deferida pelo judiciário.


Na manhã desta sexta-feira (03), concluindo a segunda fase da investigação, foi cumprido o mandado de prisão de Vanderleia e de busca e apreensão em seu escritório, localizado na Av. Tácito Caldas, no centro de Açailândia, onde funcionava a suposta representação da instituição FACIBRA.

Durante interrogatório, Vanderleia afirmou que apesar de representar uma instituição de ensino superior, não possui qualquer vínculo formal com a instituição e sequer sabe o nome completo da pessoa a quem prestava contas. Ressaltou que atuou dessa forma com outras duas instituições – ATUAL e FACIG.

As aulas ocorriam na Escola Estadual Joviana Farias, na Vila Ildemar, sem qualquer formalização de contrato e sem retribuição financeira ao estado do Maranhão, proprietário do imóvel.

Verificou-se, ainda, a inexistência de qualquer vínculo formalizado com funcionários ou professores durante os últimos quatro anos, período no qual os cursos foram ofertados.

No local foram apreendidos equipamentos eletrônicos, diplomas e informações sobre alunos.

As investigações continuam…

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.