quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Empresário Yury do Paredão é preso no Ceará após vídeo de disparos viralizar

Ele trabalha no ramo de entretenimento com artistas do mundo do forró e sertanejo


Yury do Paredão. (Foto: Reprodução/Instagram)
O empresário Yury Bruno Alencar Araújo, 30 anos, conhecido como "Yuri do Paredão", foi preso em Juazeiro do Norte (a 493,4 quilômetros de Fortaleza), nesta segunda-feira, 6, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pela 1ª Vara Criminal da comarca da cidade, a pedido do Ministério Público do Ceará (MP-CE). A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, cumpriu mandados de busca e apreensão em imóveis do acusado, que trabalha com artistas do mundo do forró e sertanejo.

Arma encontrada em imóvel de Yury. (Foto: WhatsApp do O POVO)

Na última semana, um vídeo que mostra o empresário viralizou nas redes sociais. Nas imagens, Yuri está com uma arma de fogo e atira no chão, perto de outra pessoa, que seria o caseiro. Pelo menos seis disparos foram realizados.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que confirmou a prisão de Yury, a arma de fogo utilizada no crime pertence a Polícia Militar de Pernambuco e foi apreendida por policiais civis na fazenda de Yuri. A vítima que aparece no vídeo também foi ouvida, informou a Secretaria. O empresário foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e disparos de arma de fogo. Ele será encaminhado para cadeia pública de Juazeiro do Norte.


Assista ao vídeo:



"No vídeo, o investigado não pratica o ato com a intenção de matar o indivíduo, tratando-se de uma brincadeira arriscada, tendo em vista a multiplicidade de tiros. Entretanto, sequer possui qualquer registro de arma de fogo no Sinarm (Sistema Nacional de Armas), conforme consulta no sistema Infoseg (o sistema nacional de informações e estatísticas da Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp), o que reforça a ilicitude da arma de fogo utilizada", afirma o documento da Justiça obtido pelo O POVO Online.

Fonte: O Povo / Jéssica Sisnando


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.