quinta-feira, 19 de abril de 2018

Hélice de helicóptero que caiu com médicos partiu no ar


Um relatório preliminar do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) aponta que uma “falha estrutural” provocou a queda do helicóptero em que morreram três médicos e um investigador da Polícia Civil, no início do mês de abril.  Entre os médicos, o poção-pedrense Dr. Jonas Elói (reveja).

Segundo informações, a hélice da aeronave partiu-se no ar, abrindo-se como uma casca de banana.

A causa é a mesma de dois acidentes recentes aéreos com helicópteros do mesmo modelo, o Robinson R44. Em Recife, a aeronave que funcionava como Globocop caiu em janeiro deste ano (saiba mais).

No ano passado, uma noiva morreu a caminho do casamento, em São Paulo, enquanto voava também em um helicóptero desse modelo (veja aqui).

Como medida de prevenção, o Cenipa emitiu um comunicado internacional proibindo a operação desse modelo sob chuva, mesmo que fraca.

Gilberto Léda

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.