domingo, 18 de março de 2018

Sem discurso, Roseana Sarney apelou para baixaria em suas Caravanas


Desesperada com o fracasso da sua Caravana em todos os municípios que passou, Roseana continua apelou para baixarias contra o governador Flávio Dino em seus discursos pelo interior. Sem ter o que mostrar como ex-governadora, mesmo depois de 14 anos à frente do estado, só lhe resta atacar o atual governo.

Mostrando o lado político mais pútrido, que é característico da família Sarney, Roseana tem utilizou palavras de baixo calão, adjetivos chulos e completo desrespeito contra o seu adversário. O teor das palavras da ex-governadora demonstrou o desespero que toma conta dos sarneyzistas durante as Caravanas.

O prestígio popular e político de Roseana foi posto à prova, e o resultado tem frustrado os planos daqueles que pretendem retomar a chave dos cofres do estado. Reuniões vazias, na maioria das vezes na varanda de ex-lideranças políticas, sem participação popular e sem emoção estão marcando as andanças da ex-governadora no Maranhão.

Se pelo menos tivesse o que mostrar para o povo do Maranhão, talvez a sua postura fosse diferente.

Em sua caravana na cidade de Colinas na última quinta-feira (15), a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) afirmou não ter medo de enfrentar o governador Flávio Dino (PCdoB), favorito à reeleição e líder nas pesquisas.

“Eu quero dizer a vocês é que nós vamos enfrentar a fera de novo, não tenho medo de cara feia não gente, não tenho medo de perseguições, não tenho medo de bucho grande. Nós vamos, sim, pra luta! “, afirmou Roseana ao pedir humildemente ajuda dos presentes para tentar vencer Dino.

Roseana demonstrou desespero, admitiu que a eleição é difícil e reconheceu que não será fácil vencer o comunista. Confira no vídeo a seguir.


Fonte: blogs Marrapá / John Cutrim

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.