sexta-feira, 11 de novembro de 2016

PDT caminha para ter a maior bancada da Assembleia Legislativa


A dança das cadeiras na Assembleia Legislativa do Maranhão, a partir de fevereiro do próximo ano, deve consolidar o crescimento do PDT no Estado. A tendência é de o partido formar junto com o PCdoB, do governador Flávio Dino, a maior bancada do legislativo do Maranhão.

Atualmente a sigla possui cinco deputados: Fábio Macedo, Humberto Coutinho, Glaubert Cutrim, Rafael Leitoa e Valéria Macedo. Em 2017, o PDT deverá receber os reforços dos deputados Bira do Pindaré e Rogério Cafeteira, ambos do PSB e descontentes com Roberto Rocha. No total, a legenda passaria a ter sete parlamentares e os comunistas, seis. Porém, o presidente da Assembleia, Humberto Coutinho, poderá ir para o PP.

Depois da morte do Dr.Jackson Lago, o PDT acabou perdendo o rumo devido a brigas internas. Mas desde que o deputado federal Weverton Rocha assumiu a executiva estadual, os pedetistas mostraram um entendimento. O partido virou base de sustentação do atual governo estadual e neste ano, além de manter o controle da Prefeitura de São Luís, foi a terceira legenda que mais elegeu prefeitos no Maranhão, 28 no total.

“Crescemos muito, e com isso, está comprovado que nosso trabalho junto à população tem grande aprovação”, destaca Weverton.

O PDT ainda possui dois deputados federais.

Esse novo momento dos pedetistas deve garantir uma vaga de senador para Weverton Rocha na chapa de Flávio Dino, daqui a dois anos. Ele ainda lembra que o crescimento do partido no estado é relevante também para impulsionar uma possível candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, em 2018.

Marrapá

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.