sábado, 4 de junho de 2016

O caldo engrossou na política poção-pedrense...

No calor das expectativas concernente ao futuro político da cidade, internautas iniciam um verdadeiro pé de guerra utilizando seus perfis nas redes sociais. É travada uma batalha cibernética com acusações, muitas vezes até sem provas, de pessoas que fazem oposição à situação, ou vice-versa. 

Embora a Constituição Federal assegure ao cidadão comum a liberdade de expressão e pensamento, não sugere dizer que estes possuam carta branca para atacar a vida privada alheia, bem como sua imagem e a honra.

Inicia então uma campanha recheada de abusos e exageros em cima do pretexto "estou em meu direito de expressão". No entanto acabam por esquecer que a internet no Brasil está cada vez mais regulamentada, e hoje você é responsável por cada pé de letra escrita em seu espaço virtual, podendo responder criminalmente na justiça por qualquer ofensa, principalmente quando direcionada e caracterizada diretamente às pessoas com tons preconceituosos, homofóbicos, sexistas, xenofóbicos ou mesmo bullying.

Veja essa polêmica incitada nas redes sociais na noite desta sexta-feira (03), e que tem gerado muito debate sobre o assunto comentado acima na introdução.


A réplica postada por uma das irmãs do prefeito, a professora Hildalene Pinheiro:


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.