sexta-feira, 20 de abril de 2018

Grupo Mateus inaugura Mix Atacarejo em Pedreiras


O Grupo Mateus se prepara para inaugurar mais uma loja no Maranhão. Desta vez, a cidade contemplada será Pedreiras, distante 245km da capital maranhense. A inauguração do Mix Mateus Atacarejo acontece no dia do aniversário de 98 anos de fundação da “Princesa do Mearim”, no próximo dia 27 de abril.

O Mix Atacarejo vai atender todo o comércio da região, com foco na produção para o mercado consumidor, abastecendo pequenos e médios varejistas, inaugurando na cidade o sistema de autosserviço, com mais economia, praticidade e rapidez no atendimento. “O comércio na cidade de Pedreiras já tem força por natureza, devido à localização e seu potencial de entreposto na região e acreditamos que nossa vinda vai consolidar essa vocação e fomentar uma nova cadeia de negócio para os varejistas de Pedreiras e cidades próximas como Trizidela do Vale, São Luís Gonzaga do Maranhão, Lima Campos, Santo Antônio dos Lopes, Poção de Pedras e Bernardo do Mearim”, assegura Ilson Mateus, presidente do Grupo Mateus.

O empreendimento, que está localizado na entrada da cidade, às margens da MA-122, tem 3806m² de área de venda e vai contar com 237 colaboradores diretos. Benilson Bruno Pereira, de 26 anos, estava desempregado há mais de 2 anos e tem muito o que comemorar com a chegada do Grupo Mateus à cidade. “Quando soube que o Mateus vinha para cá, tratei logo de mandar meu curriculum e graças a Deus consegui uma vaga e estou empregado novamente”, comemora o futuro conferente de depósito.

Em nota, vereador ‘Lula’, de Esperantinópolis, reafirma apoio à reeleição do deputado Vinícius Louro; veja a justificativa do líder


O vereador Lula, líder de oposição na Câmara Legislativa de Esperantinópolis, reafirmou, por meio de nota divulgada nas redes sociais, o seu apoio à reeleição do deputado Vinícius Louro. O edil destacou que sua escolha é pautada, conscientemente, pelas ações que o deputado e seu pai Raimundo Louro desenvolvem na cidade, dando assistência à população.

Veja a íntegra:

“Falo como legítimo representante do povo do Município de Esperantinópolis. Respeito e entendo o posicionamento e a decisão de todos, afinal, estamos em um país democrático em que a liberdade de escolha é inegociável.

Quanto às escolhas em relação à eleição que hora se avizinha, uma eleição estadual que será disputada neste ano, quero enfatizar que é do conhecimento de todos, que após as eleições de 2016, fui escolhido pelos meus colegas para ser líder da oposição na Câmara Municipal, que muito me honra tal missão e agradeço imensamente pela confiança dos meus pares. Busquei até o presente momento corresponder a expectativa de todos defendendo honrosamente o direito de todos, independentemente de questões partidárias.

Fomos à Justiça, quando foi necessário; realizamos manifestação em vias públicas e ousamos nos posicionar em redes sociais sobre os mais diversos assuntos; fizemos uma intransigente defesa aos nobres professores da rede municipal, bem como fomos contra ao fechamento de escolas na zona rural; nos manifestamos sempre a favor dos agentes comunitários de saúde, trabalhadores rurais, enfermeiros, técnicos de enfermagem, vigias e demais categorias; apresentamos leis e projetos relevantes no sentido de desenvolver o nosso município, ao passo que fui contra aos projetos que ferem os direitos trabalhistas e que aumentam os impostos.

Na verdade, a política não se limita apenas em defender os interesses da população. No exercício do mandato de vereador, se faz necessário ter apoio externo e não queremos ocultar tal apoio neste período que compreende de janeiro de 2017 até o presente momento.

O município não parou. Os jovens seguem realizando seus eventos como rallys, viagens, movimentos sociais, encontros estudantis, torneios esportivos, vaquejadas, cavalgadas e outros eventos como festividades religiosas. Tudo isso não seria possível sem o apoio total e irrestrito do empresário Raimundo Louro e seu filho, o deputado estadual Vinícius Louro. Eles sempre estiveram em nosso município nos apoiando e realizando práticas voltadas para ajudar os mais carentes, e isto não só em anos eleitorais; é algo que fazem há muito tempo. Destacamos, inclusive o apoio à assistência de saúde realizada sempre que necessário à nossa população através de atendimentos por intermédio na Clínica Nossa Senhora das Graças, em Pedreiras. Apoio fundamental e de inestimável valia à nossa gente.

A eles, em nome do povo de Esperantinópolis, nosso mais sincero apoio e gratidão!

Respeitosamente,

VEREADOR LULA

Banda Farra de Mídia comemora um ano de história com grande festa dia 28 no Hotel San Pedro


A Banda Farra de Mídia completa 1 ano de história com uma grandiosa festa dia 28 de abril, no Hotel San Pedro.

Em pouco tempo a banda de Pedreiras alcançou toda a região e é sucesso por onde passa. E para agradecer aos fãs e público em geral por todos os resultados obtidos, será promovido no sábado, 28, com início às 22h00, o aniversário que contará com a partição dos cantores Zequinha Ribeiro, Leal Lisboa, Yure Leal, Adriel Lima, Leandro Batucada Boa, Matheus Elite do Samba e muito mais!

Para ficar melhor ainda, será sorteado dois combos contendo cada: 01 Black & White / Red Bull / 05 água de coco / 01 pacote de gelo.

Venha comemorar com a gente!

quinta-feira, 19 de abril de 2018

14 partidos reafirmam apoio à reeleição de Flávio Dino; governador apresentou sua proposta de chapa


O governador Flávio Dino (PCdoB) reuniu para um jantar, nesta quinta (19), presidentes estaduais de 14 partidos políticos para anunciar a sua proposta de chapa majoritária governista para as eleições de 2018.

O governador será candidato a reeleição e apresentou como seus preferidos para compôr a chapa majoritária: o atual vice-governador Carlos Brandão (PRB) e os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) como candidatos favoritos ao Senado Federal.

Dino deixou claro que a escolha não é uma imposição e que cada partido deve seguir seus ritos internos para se definir. As siglas marcaram uma nova reunião em maio para acertar os últimos detalhes da coligação.

Os partidos que participaram da reunião e garantiram total apoio a reeleição do governador foram: PCdoB, PT, PPS, PRB, PTB, PTC, SD, PEN, PSB, PP, DEM, PR, apenas o presidente do PROS, Gastão Vieira, não esteve presente por motivo de viagem ao exterior.


Fonte: Marrapá

Roseana pode desistir de pré-candidatura; Sarney Filho cotado para substituí-la


 Do Atual 7

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (MDB), pode desistir a qualquer momento da pré-candidatura ao Palácio dos Leões. Ela tem até este fim de semana, quando dirá se pretende retomar ou não a chamada Caravana da Guerreira pelo interior do estado, para dar a decisão final.

De acordo com fontes ouvidas pelo ATUAL7, o ex-ministro do Meio Ambiente, deputado federal Sarney Filho (PV), é o único cotado para substituí-la na disputa.

Enfraquecida após o pai, o ex-senador José Sarney (MDB-MA), considerado uma das raposas mais astutas do país, haver perdido em Brasília a batalha pelo controle estadual do DEM e do PP para os jovens políticos Juscelino Filho e André Fufuca, Roseana entrou em crise desde a quinta-feira da semana passada, dia 12, data agendada para retomada do périplo de vários dias por municípios-chave do Maranhão, em busca da reconquista de lideranças regionais.

Como as fortes chuvas que caíram no estado provocaram enchentes em municípios que estavam inseridos na agenda, Roseana foi obrigada a voltar ao casulo. Não por medo de molhar o cabelo ou os pés, mas de ser classificada pela população como oportunista, que estaria se aproveitando da situação caótica nas cidades para buscar votos.

Aos mais próximos, Roseana passou a confessar dias depois que errou na estratégia.

Segundo a ex-governadora, como o governador Flávio Dino (PCdoB), mesmo com demora e somente após pressão pública, compareceu pessoalmente aos locais atingidos, levando ações do governo aos municípios em situação de emergência ou estado de alerta, em vez de se esconder do problema, ela deveria ter articulando junto ao Palácio do Planalto a liberação urgente de emendas da bancada federal maranhense para as cidades atingidas.

Insegura, Roseana tem dito ainda que uma coisa seria entrar na disputa pelo governo correndo o risco de perder para Dino, pois se derrotada poderá utilizar o célebre discurso de que perdeu para a máquina. Outra coisa, teme a emedebista, seria entrar de cabeça numa campanha e sequer não estar num eventual segundo turno.

Outro cenário

A possibilidade de Roseana desistir da pré-candidatura desnorteou seu grupo político.

Como o único cotado para substituí-la é Sarney Filho, e o ex-ministro é considerado fraco para a corrida pelo Palácio dos Leões, já é estudado o cenário de uma possível adesão do grupo Sarney à pré-candidatura ao governo do senador Roberto Rocha (PSDB), com Sarney Filho concorrendo à Câmara Alta.

Hélice de helicóptero que caiu com médicos partiu no ar


Um relatório preliminar do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) aponta que uma “falha estrutural” provocou a queda do helicóptero em que morreram três médicos e um investigador da Polícia Civil, no início do mês de abril.  Entre os médicos, o poção-pedrense Dr. Jonas Elói (reveja).

Segundo informações, a hélice da aeronave partiu-se no ar, abrindo-se como uma casca de banana.

A causa é a mesma de dois acidentes recentes aéreos com helicópteros do mesmo modelo, o Robinson R44. Em Recife, a aeronave que funcionava como Globocop caiu em janeiro deste ano (saiba mais).

No ano passado, uma noiva morreu a caminho do casamento, em São Paulo, enquanto voava também em um helicóptero desse modelo (veja aqui).

Como medida de prevenção, o Cenipa emitiu um comunicado internacional proibindo a operação desse modelo sob chuva, mesmo que fraca.

Gilberto Léda

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Justiça suspende contrato entre empresa de construção e Prefeitura de Pedreiras

Prefeito Antônio França. (Divulgação)
O juiz Marco Adriano Ramos Fonseca, titular da 1ª Vara de Pedreiras, deferiu pedido do Ministério Público Estadual determinando que o Município de Pedreiras se abstenha de convocar a empresa Moura Construções e Serviços Eireli para celebrar contrato administrativo derivado de pregão presencial. Caso o Município já tenha convocado e assinado contrato, deverá suspendê-lo de imediato e abster-se de realizar qualquer pagamento à empresa. A decisão se deu em tutela antecipada em caráter de urgência, datada desta quarta-feira (18).

O juiz determina, ainda, que caso já tenha sido celebrado o contrato, deverá o Município de Pedreiras encaminhar ao Judiciário, no prazo de cinco dias, cópia do instrumento contratual e a publicação do extrato do contrato no Diário Oficial, e discriminar os serviços executados e os pagamentos eventualmente realizados, instruindo com cópias das respectivas notas fiscais, guias de recolhimento dos tributos, ordens de serviço, e notas de empenho.

ENTENDA O CASO - O Ministério Público instaurou procedimento no sentido de investigar a licitude do pregão presencial nº 018/2018, realizado pelo Município de Pedreiras, que teve por objeto a eventual contratação de pessoa jurídica para fornecimento de materiais de jazida (lateríticos – piçarra e argila/barro), no valor de R$ 515.211,50 mil. O pregão é a modalidade de licitação para aquisição de bens e serviços comuns em que a disputa pelo fornecimento é feita em sessão pública, por meio de propostas e lances, para classificação e habilitação do licitante com a proposta de menor preço.

Está aberta a temporada dos candidatos paraquedistas nas cidades do Médio Mearim


Após janela partidária, onde parlamentares tiveram um prazo de 30 dias para o troca-troca de partido, e na iminência das convenções das coligações e posterior registro de candidaturas para as eleições 2018, começam a surgir por aqui os pré-candidatos caras-pálidas mais conhecidos como “paraquedistas”, ou “pipiras”.

Paraquedistas porque só aparecem em época de eleição; residem em uma região bem longe da nossa e, sem pudor, vêm pedir votos. Infelizmente algumas pessoas deixam de votar em representantes de nossa terra para votar nesses aventureiros, que não possuem nenhum compromisso com nossa região, e, quando acaba as eleições, nunca mais o veremos.

Pipira em alusão à ave que tem o hábito de regressar de tempos em tempos atrás dos grãos.

Se fosse dá nomes aos bois, apresentaria uma extensa relação de forasteiros que, depois de se beneficiarem de nosso povo, desapareceram sem deixar rastros, e agora estão ressurgindo das cinzas. Muitas das vezes nunca nem ouvimos falar, e eles chegam com o intermédio de prefeitos e ex-prefeitos que consideram os municípios como currais eleitorais, impondo nomes e figuras em troca de altos valores, como se fossem coronéis, negociando os votos da massa num mercado negro na qual os eleitores são tratados como cabeças de bois. Eles aproveitam para lucrar neste período; pegam absurdo de dinheiro; triplicam seus patrimônios; enquanto que depois o povo continua na mesma “sopa de pedras”.

O reflexo vem depois...

A contar por ostentar a falta de representatividade, acabamos ficando na escassez da saúde pública, da educação de qualidade, de infraestrutura e segurança pública.

Os prefeitos, vereadores e líderes não devem se gabar em blogs apenas de receberem uma ambulância, um trator, um caminhão ou uma viatura. Engodo! É importante, mas não é tudo.

Deve-se mesmo é ser indagado onde vai ser atendido a família quando faltar-lhe saúde, para qual hospital serão levados. A ausência de merendas nas escolas. A falta de boas estradas. Qual o Índice de Desenvolvimento Humano de nossas cidades, assim como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das nossas escolas e o que, concretamente, tem sido feito para melhorá-los.

Espero que o eleitor faça a sua parte.

PGR defende que José Sarney e senadores do MDB virem réus no STF por corrupção e lavagem de dinheiro


A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou, nesta segunda-feira (16), réplica às alegações da defesa de quatro senadores, dois ex-senadores e três executivos de empreiteiras envolvidos em crimes de corrupção passiva e ativa, e lavagem de dinheiro, entre 2008 e 2012, com a Transpetro, braço de logística e transporte da Petrobras. A denúncia foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto de 2017, e ainda aguarda análise da Suprema Corte.

O texto da PGR rebate as alegações dos senadores do PMDB Renan Calheiros, Garibaldi Alves Filho, Romero Jucá e Valdir Raupp; do ex-presidente da República José Sarney; dos administradores da NM Engenharia e da NM Serviços Luiz Maramaldo e Nelson Cortonesi Maramaldo; e do executivo da Odebrecht Ambiental Fernando Reis. O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, pivô do esquema investigado, não fez contestações à denúncia da PGR, justificando que o fará durante o interrogatório judicial, além de reafirmar “integralmente as declarações prestadas até o momento e o seu compromisso de cooperar com as investigações em curso”.

Aécio Neves vira réu no STF por corrupção e obstrução de Justiça

Aécio. (Foto: Agência Senado)
Por 5 votos a 0, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou tornar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) réu na ação que o acusa de corrupção e obstrução da Justiça (esta última acusação, recebeu quatro votos dos cinco ministros da Turma).

O ex-presidenciável tucano foi denunciado em junho de 2017 pela Procuradoria-Geral da República, acusado de ter recebido 2 milhões de reais do empresário da JBS Joesley Batista como pagamento de propina, e de tentar impedir as investigações da Operação Lava Jato. Aécio Neves chegou a ser afastado de suas funções legislativas por 46 dias pelo STF, mas, após uma mudança de entendimento do próprio Supremo, foi salvo pelos colegas de Senado. O senador nega as acusações e se diz vítima de uma armação.

El País