domingo, 14 de janeiro de 2018

Deputado Cleber Verde tem celular clonado e vira vítima de estelionatário

Em post publicado no Facebook neste sábado (13), o deputado federal Cléber Verde (PRB) disse ter sido vítima do crime de estelionato.

O parlamentar contou pela rede social que teve o celular clonado nesta sexta-feira (12) por um desconhecido que ao acessar os contatos telefônicos de Cléber passou a solicitar empréstimos financeiros pedindo que lhe repassassem uma certa quantia. O estelionatário alegou, em nome do deputado, que ultrapassou o limite diário no Banco do Brasil e precisaria transferir dinheiro para um suposto beneficiário.

Veja abaixo o que disse Cléber Verde após registrar um boletim de ocorrência (veja foto no fim da matéria) em um distrito policial em Brasília.

Olá amigos e amigas.

Fui vítima de estelionato, ontem, 12 de janeiro, no horário de 9h às 19h, quando tive o número do meu telefone clonado por desconhecido, que utilizou minha linha telefônica para acessar o WhatsApp. A partir daí, ele se dirigiu aos meus contatos telefônicos para solicitar empréstimos financeiros, alegando que eu já teria ultrapassado meu limite diário do Banco do Brasil e precisaria transferir certa quantia para um suposto beneficiário, determinado e identificado na ocorrência, repassando-lhe tal quantia, e que, após a efetivação desse ato, eu me comprometeria a devolvê-la assim que restabelecesse meu limite diário. Chamo a atenção para esse fato, compartilhando essa informação com todos vocês, para preveni-los do ocorrido e orientá-los para que isso não aconteça com outrem. Caso seu aparelho fique sem serviço e surja a suspeita de problemas com seu aplicativo WhatsApp, procure imediatamente a sua operadora. Confirmando-se o golpe, registre boletim de ocorrência junto à delegacia mais próxima. Aguardo que as investigações possam levar à prisão desse delinquente.

Grato pela atenção.
Abraço
Cleber Verde


Minard

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.