quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Prefeito Jaílson Fausto, de Lima Campos, passa mal e é levado às pressas para São Luís

Prefeito Jaílson Fausto. (Foto: Fernando Melo)
Por volta das 17h desta quinta-feira (14), o prefeito de Lima Campos, Jaílson Fausto Alves (PR), 55 anos, passou mal enquanto participava de uma reunião no Centro Administrativo. Queixando-se de fortes dores no peito, interrompeu a reunião e foi levado ao hospital do município.

Sob suspeitas de princípio de infarto, o prefeito logo foi encaminhado ao Hospital Geral de Peritoró, onde passou por exames para apurar se a causa do problema era realmente um infarto. De Peritoró, a equipe médica conseguiu estabilizá-lo e encaminhá-lo para São Luís, onde seria atendido no Hospital São Domingos. A princípio, foi cogitado a solicitação de um helicóptero para a transferência imediata do prefeito, mas por ter tido melhoras no quadro de pressão arterial, que estava altíssimo, os médicos recomendaram que a transferência viesse ser feita numa ambulância semi UTI.

De acordo com um assessor próximo, o prefeito não sofreu infarto, como suspeitava-se, mas teve um pico hipertensivo – aqueles pacientes que apresentam pressão arterial elevada, frequentemente acima de 180 mmHg de pressão sistólica (pressão máxima), caracterizados como portadores de crise. Na capital, Jaílson deverá passar por exames cardiológicos avançados por precauções. Ele está com familiares, e amanhã (15), comemora o seu aniversário.

O Prefeito está no seu segundo mandato, reeleito em 2016 com 72% dos votos. É considerado pelos colegas um dos melhores prefeitos do Maranhão. Quem conhece Lima Campos, sabe quanto o Município se desenvolveu nos últimos anos. Ele é casado com a Delegada da Mulher de Pedreiras, Dr.ª Silvana Prazeres.

Com informações: blogs Marcos Limma / Sandro Vagner / Carlinhos Filho

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.