segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Justiça condena acusados de assalto a ônibus em Poção de Pedras

"Júnior Bocão" e Francisco Pinto, dois dos acusados condenados pela Justiça
O juiz Bernardo de Melo Freire realizou o julgamento de três homens acusados de assaltar um ônibus, crime ocorrido em outubro deste ano. Os acusados foram Francisco Pinto Silva, Edionilson Oliveira Júnior e Jonas da Silva Santos. O primeiro acusado recebeu a pena de 6 anos e um mês de reclusão, o segundo recebeu a pena de 7 anos e 4 meses de reclusão e o terceiro acusado recebeu a pena de 6 anos e um mês de reclusão.

Armamento utilizado na ação
Relata a denúncia que no dia 26 de outubro passado os denunciados, utilizando-se de armas de fogo, nas imediações da Vila Nova Jerusalém, em Poção de Pedras, realizaram um assalto ao ônibus coletivo da empresa Sideral, ocasião em que subtraíram os pertences e valores em dinheiro do motorista e demais passageiros. Segue a denúncia que os acusados teriam informações de que uma mulher, passageira do ônibus, estaria com uma quantia em dinheiro (relembre o caso).

O acusado Jonas teria rendido o motorista e os demais teriam subtraído os pertences dos passageiros. Em depoimento, os denunciados confessaram a prática delitiva. Francisco Pinto foi o primeiro a ser capturado pela polícia e confirmou a participação dos outros homens no assalto ao ônibus. Quando capturados, os outros acusados confirmaram a participação e relataram arrependimento do crime. (reveja aqui e aqui)

Dr. Bernardo de Melo Freire - um juiz atuante em Poção de Pedras
“A referida ação teve toda sua tramitação e julgamento no intervalo de 40 dias. Dessa forma, o Poder Judiciário demonstra celeridade ao dar uma resposta rápida à sociedade”, destacou Bernardo Freire.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.