sexta-feira, 17 de novembro de 2017

“Esquemas antigos”, ressalta apresentador Chico Pinheiro sobre operação da PF no MA


A TV Globo repercutiu no Bom Dia Brasil a operação Pegadores da Polícia Federal, que investiga um esquema de desvio de recursos públicos da saúde por meio de empresas de fachada.

Após a exibição da reportagem de Sidney Pereira, a jornalista Ana Paula Araújo destacou que o governo do Maranhão já demitiu os servidores citados nessa operação. “Este é o dano direto que a população sente com esse roubo na área da Saúde”, comentou.

“É uma luta desmontar esses esquemas que foram montados durante anos e anos de corrupção (governos passados)”, completou o jornalista Chico Pinheiro ao falar sobre a reportagem exibida na manhã desta sexta-feira (17).

A matéria feita pela TV Mirante só não mencionou que a farra com o dinheiro público acabou assim que o atual secretário de Saúde, Carlos Lula, assumiu o cargo de subsecretário de Estado da Saúde. A informação consta, inclusive, no mesmo inquérito usado pela emissora para acusar o secretário.

Outro ponto esquecido pelos veículos de comunicação ligados à oligarquia, entre eles alguns blogs sensacionalistas, é o fato do inquérito ter relatado que o secretário Carlos Lula desconfiou dos elevados valores destinados à SES, trazendo assim o problema à tona. Além disso, devem ter se esquecido de comentar (ou simplesmente preferiram não fazê-lo) que o secretário se colocou à disposição da Justiça e da Polícia Federal para ajudar na elucidação dos fatos.

“Nada temos a esconder, ao contrário, faremos o necessário para ajudar a esclarecer todos os fatos, ponto a ponto, e tomar as medidas que forem necessárias”, disse o secretário logo que tomou conhecimento da ‘Operação Pegadores’.

Mas é como o Chico disse: “É uma luta desmontar esses esquemas que foram montados durante anos e anos de corrupção”.



Por Sílvia Tereza

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.