quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Em Brasília, prefeito Aluisinho se reúne com Bancada Maranhense e defende melhorias na Saúde e Educação

Prefeito Aluisinho ao lado dos prefeitos da região Chico Freitas (Lagoa Grande) e Antônio França (Pedreiras).
O prefeito Aluísio Filho, de Esperantinópolis, segue em Brasília. Na terça (03), o gestor esteve na sede do FNDE em busca de recursos para a Educação, já nesta quarta-feira (04), participou de sessão solene na Câmara dos Deputados, onde se deu homenagem ao Dia Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, e também os parlamentares defenderam a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 22/11, que fixa regras para a remuneração desses profissionais.

Segundo a proposta, a futura regulamentação deverá prever a assistência financeira da União aos estados e municípios para o pagamento do piso salarial, com dotação orçamentária própria e exclusiva, sem possibilidade de limite de despesa.

Aluisinho esteve somando apoio e, à exemplo de outros prefeitos da região que também defendem a causa, ressaltou que estes profissionais precisam ser valorizados porque, segundo disse, são o principal elo de ligação da Secretaria Municipal de Educação com a comunidade: “São eles que levam e trazem as informações, por isso necessitam serem valorizados, pois graças à sua visita aos lares, é possível termos um raio X da realidade e dos problemas que assolam a população, e assim buscarmos resolvê-los”.

Ainda nesta quarta-feira, Aluisinho se reuniu na Câmara dos Deputados com a Bancada Federal do Maranhão no Congresso Nacional e mais de 100 prefeitos. A agenda de trabalho foi promovida pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), e teve por finalidade debater os pleitos do movimento municipalista, discorrer sobre a atuação dos parlamentares e fazer um balanço das principais vitórias dos municípios em face das dificuldades financeiras.

Segundo o presidente da Famem, Cleomar Tema, esta caravana teve pleitos defendidos em duas áreas: saúde e educação. Na saúde, foi reivindicada a destinação aos municípios de novos recursos oriundos de emenda de Bancada.

Na educação, os gestores solicitaram apoio político no sentido de fazer com que o governo federal cumpra decisão do juiz José Carlos do Vale Madeira, da 5ª Vara Federal Cível, que determinou a implantação do Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQi), dispositivo criado pelo Plano Nacional de Educação, como base de cálculo para repasse de recursos do Fundeb para as prefeituras maranhenses.

O prefeito Aluisinho deixou sua fala, onde na oportunidade abordou as dificuldades fiscais, as metas do município de Esperantinópolis e os principais desafios enfrentados atualmente, seguido da resposta pelo deputado federal Rubens Jr. Assista:



0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.