quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Cai último bastião da oligarquia: Nelma Sarney é derrotada na eleição do TJ/MA


A desembargadora Nelma Sarney foi derrotada pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, eleito na manhã desta quarta feira (4) o novo presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão para o biênio 2018/2019.

José Joaquim obteve 16 votos, contra 10 da desembargadora Nelma Sarney.

A sessão teve início às 9h, na sala das Sessões Plenárias do Tribunal de Justiça do Maranhão. A posse oficial da nova mesa diretora ocorrerá em dezembro deste ano.

Nelma é casada nada menos com Ronald Sarney, irmão do ex-senador José Sarney. Nelma vem a ser cunhada de Sarney e tia da ex-governadora Roseana Sarney.

Sarney chegou a promover uma reunião quando iniciou a pré-campanha para fazer Nelma Sarney presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão. Ele reuniu em sua casa no Calhau logo no começo das articulações em favor de Nelma magistrados e advogados para apoiarem a candidatura da desembargadora. O ex-senador é tido com um político com trânsito nos tribunais e por muito tempo foi considerado influente no judiciário maranhense. Desta vez foi derrotado com a candidatura da cunhada.

A perda do comando do TJ é mais uma derrota humilhante para o grupo Sarney e um duro golpe nas pretensões da família em voltar ao poder em 2018.

http://jornalpequeno.blog.br/johncutrim/

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.