segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Por causa de cachê baixo, Pabllo Vittar cancela show em Imperatriz (MA) horas antes do evento

 Mas uma polêmica envolvendo a drag cantora acaba de acontecer: um show seu foi cancelado poucas horas antes de acontecer. O motivo? De acordo com Leo Dias, o baixo cachê.


Pabllo Vittar
Alguns artistas quando ficam mais famosos passam a cobrar mais pelas suas apresentações. Esse parece ser o caso de Pabllo Vittar.

De acordo com Leo Dias, o cantor teria mais do que dobrado o valor de seu cachê para shows nos últimos tempos. Antes R$ 30 mil, o “padrão” agora é de R$ 80 mil.

O show aconteceria neste sábado, 23, no Maranhão, mas Vittar teria decidido cancelar tudo poucas horas antes, deixando a produção a ver navios.

O cachê cobrado por Pabllo, quando fechou contrato no começo do ano, era de 30 mil reais. Mas agora, mais valorizado e após ter feito sucesso no Rock in Rio, o cachê subiu para 80 mil. Vittar, então, queria cobrar a diferença, de R$ 50 mil.

Ainda segundo as fontes de Leo Dias, a drag Pabllo teria pedido as passagens aéreas com as tarifas mais caras e não teria embarcado, alegando problema de saúde. Vale dizer que no mês passado ele retirou 4 dentes e ficou alguns dias “de molho” em casa.

Sobrou para a produtora da festa, Melina Ribeiro, que pediu desculpas ao público e disse que devolverá o dinheiro de quem quiser. A assessoria de Vittar ainda não emitiu nenhuma nota de esclarecimento sobre o caso.

Pabllo, vale dizer, também cantou com Fergie no Rock in Rio e depois curtiu o resto da noite ao lado da loira, que se separou recentemente do marido.

OUTRA VERSÃO DO FATO:

O produtor de Vittar teria ligado para os contratantes do Maranhão e avisado que o cantor passou mal depois do show de Goiânia, o que impossibilitaria a viagem para o show na cidade de Imperatriz - MA.


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.