sábado, 30 de setembro de 2017

Cristãos criticam atuação de homem nu com criança


Performance foi amplamente criticada pela sociedade e pelos cristãos (Foto: Divulgação/Atraves.tv )
A performance artística que mostra um homem nu no centro de um tablado está causando polêmica. Uma menina de cerca de quatro anos esteve no local com a mãe e interagiu com o artista Wagner Schwartz.

Exposta no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), a performance La Bête foi realizada na abertura da mostra e é baseada na obra Bichos, de Lygia Clark. Em seu Instagram, o pastor Nelson Junior, do projeto Eu Escolhi Esperar, declarou que a exposição se tratava de “um desserviço à humanidade”.

“Arte??? Não!!! Pedofilia. Você sabe por que a pedofilia prospera? Porque a criança não sabe que aquilo que o pedófilo propõe é errado. O pedófilo induz a criança a crer que aquele ato entre eles (nudez, carícia, toques íntimos) é normal e puro. Aí quando eu me manifesto contra essa imoralidade, só porque sou um pastor, sou rotulado de: anormal, fundamentalista, bitolado, retrógrado, radical, preconceituoso, ditador, extremista, antiquado, etc etc etc. Dedico minha vida, tempo, recursos, família, saúde, vocação, dons, talentos para ajudar pessoas e luto por dias melhores, sei o preço que as pessoas pagam quando vem de um histórico de abuso sexual, não posso ficar calado. #LIXO essa arte que é um desserviço à humanidade. #Abomino com todas as minhas forças, porque sei o quanto adultos sofrem por terem sido molestados na infância. Chega! Pelo amor de Deus!!! 😡”, postou.

A cantora Marcela Taís demonstrou seu apoio ao pastor através de um comentário em sua publicação.

“Expor órgãos sexuais para crianças é crime. Isso não tem nada de arte”, escreveu.

O post de Nelson Junior também foi compartilhado pelo pastor Lucinho e recebeu o apoio da cantora Eyshilla, que curtiu a publicação. Sendo também replicado pela pastora e cantora Flordelis que ainda acrescentou:

“Como mãe não posso me calar!!!!! Temos que defender nossos filhos, nossas crianças!!!!”.

Engrossando o coro que repudiou a performance, o pastor e deputado federal Marco Feliciano se manifestou através de um vídeo.

“Eu estou indignado! Somente nos últimos 30 dias já são 3 museus que expõem nudez, zoofilia, pedofilia e pornografia aos olhos de nossas crianças. Deixem nossas crianças em paz! Nossas crianças são puras. A pureza infantil tem que ser protegida! Não erotizem nossas crianças!”


Fonte: https://pleno.news/

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.