sábado, 5 de agosto de 2017

Movimentos sociais pedem expulsão de Roberto Rocha do PSB…


Poder360 – Os 6 órgãos ligados a movimentos sociais do PSB protocolaram nesta 5ª feira (03) 1 pedido de expulsão dos senadores Roberto Rocha (MA) e Fernando Bezerra Coelho (PE). Os 2 votaram a favor da reforma trabalhista, contrariando a decisão da Executiva nacional da sigla.

A acusação é de terem “afrontado e descumprido princípios e disposições insculpidas no Estatuto, no Programa e no Código de Ética e Fidelidade Partidária”.

A nitidez programática do PSB não existe mais. Os movimentos procuraram colocar o respeito ao programa, ao estatuto e a história do partido“, afirmou Vicente Selistre, coordenador nacional da corrente sindical socialista e vice-presidente da CTB (Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil). A corrente foi uma das 6 entidades que apoiaram o documento.

O documento também pede que o presidente do partido possa fazer o encaminhamento das votações na Câmara no lugar da líder atual, a deputada Tereza Cristina (MS).

Ela faz parte do grupo de deputados do PSB que avaliam deixar o partido. Estão sendo cobiçados pelo DEM e pelo PMDB.

A análise dos casos cabe ao conselho de ética do partido. O conselho definirá se os senadores devem ser punidos e qual será a punição. Na Câmara, 14 deputados já sofrem processos no conselho de ética da legenda. Eles também votaram a favor da reforma trabalhista.

POSIÇÃO NO GOVERNO

Em maio, o PSB rompeu oficialmente com o governo de Michel Temer. Ainda assim, na votação de ontem (2.ago), da admissibilidade da denúncia contra o presidente 11 deputados apoiaram o governo.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.