quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Estudante poção-pedrense é capa de destaque no jornal de maior circulação da Argentina

Paulo Victor Leite é um dos acadêmicos brasileiros de Medicina na Argentina, natural de Poção de Pedras no Maranhão, que ganhou capa na edição do Jornal Clarín desta quarta-feira (16). O Jornal, em circulação desde 1945, é até hoje o maior tabloide argentino de língua espanhola. 

A matéria do jornalista Mariano Gavira aborda os “futuros médicos brasileiros que se formam na Universidade de Buenos Aires (UBA)”, afirmando que cada vez mais os jovens acadêmicos do Brasil e do mundo estão optando por cursar Medicina na Argentina, e que tornou-se um dos países que mais tem recebido estudantes ultimamente, “abrindo as portas para o mundo”. “Este ano houve um recorde de estudantes estrangeiros no Ciclo Básico Comum e também uma grande onda de brasileiros que decidiram se inscrever na carreira médica”, sublinhou a reportagem.

Descrevendo ainda as estatísticas, o Jornal pontua: “De acordo com registros preliminares deste ano, o ranking de estrangeiros na CBC começa por brasileiros, cujo valor seria quase metade do total. Eles são seguidos pelos chilenos, colombianos, peruanos e pela primeira vez no topo, os venezuelanos aparecem. Para com os estudantes brasileiros, são dadas uma peculiaridade: cerca de 60 por cento deles escolhem a carreira médica”.


O Jornal diz que, apesar de o idioma estrangeiro ser a principal barreira para eles – porque primeiro devem aprender Espanhol para poder entenderem a aula oral - a crescente procura pelos cursos do exterior se dá pela dificuldade de o estudante obter alguma bolsa e ingressar nas universidades públicas do Brasil, principalmente para o curso de Medicina, que possui a mensalidade caríssima e poucas vagas disponíveis, aumentando o nível de concorrência.

Link para a matéria em plataforma digital aqui!

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.