quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Deputado que tatuou “Temer” passou a votação pedindo fotos da bunda da mulher


O flagra é do fotógrafo Lula Marques. Ao longo da votação da denúncia contra Temer nesta quarta-feira (2), na Câmara, o deputado Wladimir Costa (SD-PA) ficou importunando para que mulheres lhe mandassem fotos da “bunda”, em uma conversa nada republicana. “Vá tirar onda com outra. Não tenho estômago para isso”, respondeu uma das garotas. Confira as imagens.



O discurso é pela família, contra a corrupção, a ética e a moralidade. Mas a prática é outra. Ao longo da sessão que enterrou a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, na Câmara, o deputado Wladimir Costa, aquele que tatuou o nome do presidente no ombro, ficou teclando no Whatsapp em conversas nada republicanas enquanto os outros parlamentares tratavam de um assunto bem mais sério.

Nas imagens do celular do deputado, é possível ver ele pedindo fotos da “bunda” de uma garota e fica claro que o parlamentar está a importunando quando ela responde: “Vá tirar onda com outra. Não tenho estômago para isso”. Também é possível identificar que o deputado fala com mais de uma mulher, em conversas do mesmo teor, ao longo da votação.

“Mostra a sua bunda, mostra, afinal não são suas profissões que a destacam como mulher, é sua bunda. Vai lá, põe aí, garota!”, escreveu o parlamentar a uma mulher identificada como M. Melo. Em outra mensagem, ela responde que o poderia “perder seu tempo com coisas mais interessantes”.

Confira a sequência.











0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.