quarta-feira, 16 de agosto de 2017

D9 em Porto Franco: esquema denunciado em rede nacional tem grupo agindo no interior do estado

Denúncia


A promessa de dinheiro fácil continua a fazer vítimas pelo Brasil a fora. Em Porto Franco, cidade a 700 km da capital do Maranhão, São Luís, um grupo de estelionatários vem agindo, enganando uma enorme quantidade de pessoas, onde a fraude rendeu algo em torno de R$ 500 mil aos golpistas. O golpe, conhecido como D9, está sendo investigado na Bahia, como foi noticiado pelo programa Fantástico, da TV Globo. 

Trio suspeito de movimentar o esquema em Porto Franco
Em Porto Franco, eles têm até grupo no WhatsApp para “recrutar novos investidores”, que acreditam nessas pessoas e acabam investindo seu dinheiro nesta armação. E não é de se dizer que só pessoas sem informação caem no golpe, por conhecerem e confiarem nos envolvidos todos acabam caindo, como foi o caso da advogada Faelma Teles, que segundo informações obtidas com exclusividade pelo blog, teria sido assediada a participar da pirâmide pelo seu ex-colega de trabalho, MARDÔNIO DE SÁ, que trabalhava com ela, na Prefeitura de Porto Franco, e segundo aponta os indícios, é o chefe do esquema na região.

O MARDÔNIO DE SÁ disse à ex-colega que caso comprasse a conta da D9, pela quantia de R$ 6.750,00, o investimento lhe renderia o valor semanal de US$ 170 (cento e setenta dólares). O dinheiro foi transferido da conta da advogada para a conta do primo do MARDÔNIO DE SÁ, IGLESIAS CASTRO DE SÁ, que também participa do esquema.


A ex-secretária de Esportes do Município, VIVIANE AGUIAR, que fez um vídeo entregando a pasta, alegando que sua dignidade e honestidade não permitiam que ela continuasse no cargo, pois acreditava que ocorriam irregularidades na gestão, é uma das parceiras do grupo. 

Inclusive, foi ela quem mandou mensagens para a vítima pedindo dados pessoais para regularização do cadastro na D9. Em seu perfil no Facebook, ela postou uma imagem, no dia 13 de junho de 2017, onde aparece com um dos chefes do esquema, o homem, conhecido com MIQUÉIAS, mora em Brasília e é cunhado do MARDÔNIO DE SÁ. No texto da foto, ela escreveu: “Nossa meta é superar a Meta!”, nos comentários: “Aqui nós só bate de BMW a bicha é chique”. Uma alusão aos ganhos milionários que o grupo vem obtendo, à custa de pessoas de bem que acreditam nas mentiras e são enganadas.


Hoje, este grupo continua tentando enganar os moradores de Porto Franco. Inventam mentiras e até organizam protestos, dizendo que estão defendendo a população. Na página da VIVIANE AGUIAR, ela convoca as pessoas para um protesto no dia 7 de setembro, não por acaso, feriado em comemoração à Independência do Brasil. 

Agora, será que depois dessa denúncia em rede nacional e de todos os processos abertos na justiça, a VIVIANE AGUIAR, o MARDÔNIO DE SÁ, o IGLESIAS DE SÁ ou qualquer outro envolvido nesta fraude vai colocar a cara na rua? Se a polícia estiver lá, vai ser por pouco tempo.

P.S. Uma das vítimas do esquema criminoso, Faelma Teles, ao tomar conhecimento da fraude, no programa Fantástico, da TV Globo, procurou delegacia do Município e registrou OCORRÊNCIA POLICIAL contra os envolvidos.


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.