quarta-feira, 15 de março de 2017

Promotor da ‘Máfia da Saúde’ ficou perplexo com absolvição de Roseana


O promotor de justiça Lindonjonson Gonçalves, responsável por conduzir as investigações e denunciar o esquema de corrupção na Secretaria de Saúde do Maranhão durante o governo passado, ficou perplexo com absolvição de Roseana Sarney nesta segunda, 13, por decisão do juiz auxiliar da 7ª vara Criminal de São Luís, Clésio Coelho Cunha.

De acordo com o Ministério Público do Maranhão houve superfaturamento no preço de obras em 64 hospitais. Cerca de R$ 151 milhões foram gastos. Parte destes recursos abasteceram campanhas eleitorais do PMDB em 2010.

“Muitos desses hospitais foram feitos e hoje são obras abandonadas. Alguns não foram sequer completados porque os municípios não têm recursos para bancar. A maioria desses hospitais foi construída sem licitação. E depois, as empresas que fizeram as obras doaram a campanhas”, informou em entrevista ao Jornal Pequeno.

O promotor ressaltou que irá estudar o caso e tentar reverter à decisão.

Marrapá

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.