quarta-feira, 22 de março de 2017

Justiça revoga prisões de blogueiros investigados na Operação Turing ­

Ontem, três tinham sido detidos suspeitos de fazer parte de uma organização que causava embaraço nas investigações sigilosas da PF no Estado


Prisões foram anunciadas ontem pela Polícia Federal (Foto: Biné Morais / O ESTADO)
O juiz José Magno Linhares Moraes, titular da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, revogou, nessa terça­-feira (21), as prisões temporárias dos blogueiros Luís Assis Cardoso Silva de Almeida, Luís Pablo Conceição Almeida e Hilton Ferreira Neto.

Ontem, eles tinham sido detidos suspeitos de fazer parte de uma organização que causava embaraço nas investigações sigilosas da PF no Estado (reveja). O esquema vinha sendo operado desde 2014, e o principal alvo dos suspeitos seriam empresários, políticos e servidores públicos. O valor de cada propina, segundo a polícia, variava de R$ 1.500,00 a mais de R$ 10 mil.
 
Luís Cardoso, Luís Pablo e Neto Ferreira
O trabalho investigativo, coordenado pelo delegado Max Eduardo Ribeiro, teve início ainda em 2015, após análise de postagens em alguns blogs que obtinham informações sobre operações da PF de forma privilegiada. Esse esquema ilegal vinha sendo realizado desde 2014, ou seja, no período eleitoral.

No decorrer das investigações, interceptações telefônicas e até mesmo encontros acabaram comprovando a ligação entre o policial federal Danilo Silva com o determinado grupo de blogueiros, segundo o delegado, coordenado por Luís Cardoso.

Entenda o caso

Operação Turing

O que: Operação Turing realizada pela Polícia Federal

Onde: Região Metropolitana de São Luís

Objetivo: desarticular uma organização suspeita de causar embaraços a investigações da Polícia Federal no estado

Resultado: quatro prisões, cumprimento de cinco mandados de condução coercitiva e 12 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal de São Luís

Confira a íntegra da decisão judicial que determinou a soltura dos blogueiros.

O Estado, com acréscimos de Gilberto Lima

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.