sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Antes de ser assassinada, policial civil Iran matou um dos bandidos; 4 suspeitos estão presos


A Polícia Militar prendeu quatro suspeitos do assassinato da policial civil Iran Cerqueira Santos, de 51 anos, morta com um tiro no peito na noite desta quinta-feira (2) numa emboscada quando chegava em casa no Parque Araçagi, Região Metropolitana de São Luís.
A chefe de captura da Delegacia de Roubos e Furtos foi abordada por bandidos, tento o carro um Renault prata cravado de balas. Ela revidou e acertou um deles que morreu em seguida. Outro foi morto em confronto com policiais militares. Mas infelizmente, Iran foi atingida com um tiro no peito e faleceu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Araçagi.
O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e causou uma grande comoção entre colegas de profissão. Iran era muito atuante, segundo civis que trabalhavam com ela.
Os quatro suspeitos presos estão sendo interrogados.
O velório da PC Iran Santos está sendo realizado na Pax União, na Rua Oswaldo Cruz, Centro da capital. O sepultamento, segundo familiares, está marcado para 16h no Cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.
Minard

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.