quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Maranhense vai receber medalha de bronze olímpica nove anos depois…

Velocista José Carlos Moreira, o Codó, compôs a equipe brasileira de revezamento 4X100m em Pequim 2008 e ficou em quarto lugar; com a desclassificação da Jamaica, por doping, o Brasil herda a terceira colocação


O maranhense Codó (de amarelo) em uma de suas provas de revezamento
Quase nove anos depois da Olimpíada de Pequim, na China, um maranhense de Codó vai subir em um pódio simbólico, para receber a Medalha de Bronze no revezamento 4X100m.

José Carlos Moreira, o Codó, compôs a equipe brasileira na prova, que tinha como grande favorita a equipe jamaicana, Usain Bolt.

A Jamaica venceu a prova, mas com suspeita de doping do atleta Nesta Carter, confirmado nesta quarta-feira, 25, quase nove anos depois.

Codó e seus companheiros – Vicente Lima, Sandro Viana e Bruno de Barros – ficaram em quarto, mas passam a ser medalhistas de bronze.

Codó deve receber a medalha junto com seus companheiros, ainda sem data definida…

Marco 'Eça

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.