sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Adolescentes poção-pedrenses são vítimas de ação caluniosa em rede social

As vítimas, todas de Poção de Pedras, tiveram seus nomes listados em uma publicação caluniosa nesta quinta-feira (05) por meio de uma página 'fake' no Facebook, que as acusavam de serem portadores do vírus HIV.

Claro, o post polemizou e causou sérios danos morais às adolescentes devido a exposição vexatória pela qual foram submetidas, ainda que sob as circunstâncias do contraditório, do sigilo e da privacidade alheia violados.

O blog alerta que criar perfis falsos a fim de produzir publicações difamatórias do tipo, por vingança ou qualquer tipo de retaliação, e até compartilhar tais publicações, comete crime contra a honra do indivíduo, podendo responder criminalmente, pegar detenção ou ser condenado à reparação dos danos provocados, ainda mais que agora temos leis que punem de maneira mais severa os chamados 'crimes virtuais'.

Curiosamente, minutos após a repercussão, o post e o perfil falso foram excluídos. 

A ação não deixou de causar indignação nas redes sociais. 



0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.