quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Roberto Rocha trama queda de Gastão, mas não consegue emplacar aliado

Do Marrapá



O senador Roberto Rocha (PSB) deve estar torcendo para que 2016 acabe. Endividado e com fama de traidor, ele acaba de perder mais uma disputa política neste ano.

Com ajuda do ex-senador José Sarney (PMDB), seu novo aliado, RR fez de tudo para derrubar Gastão Vieira da presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, FNDE. Pretendia emplacar Pedro Maranhão, sem nenhuma referência política. Gastão caiu, mas quem ficou com a vaga foi Silvio Pinheiro, que é do PSDB da Bahia, indicado pelo DEM de ACM Neto.

Roberto Rocha publica diariamente fotos ao lado de Michel Temer nas redes sociais, mesmo assim não conseguiu emplacar aliado no FNDE.
Roberto nos últimos meses grudou no presidente Michel Temer (PMDB) e no ex-senador José Sarney. Com a distribuição de material a imprensa e muitas fotos nas redes sociais, tentava passar a ideia de poder e influência junto a Temer. Aproveitando desse momento de “estrelismo”, manobrou para derrubar Gastão Vieira, seu adversário na disputa pelo Senado e que vinha mantendo boa relação com o governador Flávio Dino. O plano maquiavélico de Roberto era derrubar Gastão, prejudicar Dino e controlar a pasta que tem orçamento anual de R$ 60 bilhões. Porém, seu prestígio é pequeno, sua capacidade de votos menor ainda. Gastão caiu pelo desejo de José Sarney.


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.