quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O blog ouve Jordão e concede o direito de resposta

Edinho, o advogado Dr. Heleno Maranhão, Jordão Lima (no centro) e o candidato a vereador Valdeir.
No decorrer da noite desta quinta-feira (25), o blogueiro encontrou Jordão Lima entre amigos e ouviu relatos de sua versão, pois logo cedo tinha ganhado citação em página de uma notícia veiculada em nosso canal, na qual foi apontado como sendo um dos envolvidos em uma operação realizada pela Polícia Militar de Poção de Pedras.

Sentindo-se injustiçado com seu nome citado nas informações repassadas pelo Departamento de Polícia às redes sociais e sua imagem circulando em grupos de WhatsApp, Jordão assegurou ser um cidadão de boa índole, que nunca se envolveu com nenhuma circunstância que colocasse sua conduta a ser duvidosa perante a sociedade antes. Com relação aos fatos, diz não ter conhecimento da situação irregular da motocicleta que fora apreendida apontada na investigação. Jordão afirma ter sido vítima, assim como qualquer outro cidadão poderia ser, ao cair numa cilada como esta. A moto que estava em busca pela PM só foi encontrada em seu estabelecimento porque era produto material empenhorado de uma dívida, onde ele era o credor, porém inocentemente sem saber que esta era furtada.

Pelo contato que tivemos, junto àquela roda de amigos, Jordão com os companheiros o cercando à mesa e o seu filho em suas pernas satisfeito com a presença do pai, senti que realmente o rapaz pai de família foi vítima de uma emboscada. Tudo na cidade mostra que é um cara benquisto e de moral. Fica portanto dado o direito de resposta ao nosso amigo.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.