terça-feira, 23 de agosto de 2016

"Falam em paz, quando na verdade são eles os arruaceiros..."

Análise


A imagem ao lado mostra uma demonstração de desespero de alguns dos principais representes da oposição no último domingo (21), dia em que no intercalamento da Promotoria de Justiça, era por direito a turma do 65 fazer seu movimento político na cidade.

Ao passar a turma que seguia o candidato Júnior Cascaria, esse grupo adversário que bebia sobre a calçada de uma residência na esquina da Rua Vitorino Freire com a Rua Ribeirão, próximo à Praça da Bíblia, onde o pessoal do 65 realizou três atos anteriores, começou, segundo relatos de pessoas que integraram aquele público, uma sequência de insultos, insinuações, xingamentos, gestos obscenos e até empurrões, quando o proprietário da casa se sentiu no direito de proibir pessoas aliadas ao movimento político de se aproximarem da calçada.

Na foto registrada por um leitor, percebe-se o visível estado de embriaguez, desequilíbrio e aversão aos simpatizantes do 65 que passavam em seu dia e usufruindo o direito democrático de livre manifestação que lhes é resguardado.

Saiba mais sobre este episódio clicando aqui!

No viés dos fatos


Após este e vários outros fatos noticiados atestarem que algumas pessoas da oposição, seguindo o exemplo de seus próprios líderes, estarem promovendo uma política de ódio e terror, à exemplo de arrancarem cartazes das casas, invadindo a privacidade alheia e violando a liberdade de escolha dos cidadãos, conforme mostrado pelo blog, reveja!, demonstrando ser adeptos da baderna, da perturbação ao sossego público, quando em paredões de som percorreram ponta à outra da cidade fazendo barulho e soltando rojões nos telhados alheios, veem agora depois de tudo, "proclamar paz" em notas veiculadas em seus carros de som, repudiando de sobre a coligação do candidato 65 os atos que são típicos e atribuídos ao seu próprio grupo.
Alguém já viu alguém do 65 tentar impedir ou coibir o 40 de promover seus atos políticos na cidade?!

Agora se utilizam de uma jogada de marketing prevista para esta quarta-feira, onde o sentido da manifestação é a máxima de Lenin: "Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é!". Essa é a maneira sutil de fazerem política, disseminado factoides em redes sociais, atacando em jogo baixo a vida pessoal do oponente, propalando em carros de som palavras baixas.

Veja o grau de demagogia


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.