sábado, 23 de abril de 2016

Favorável ao impeachment, Lobão Filho assumirá vaga do pai do Senado

Ex-ministro de Minhas e Energia deixará o cargo para tratamento de saúde

O suplente de senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA) deve assumir, nos próximos dias, a vaga de senador de seu pai, o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão (PMDB-MA). Edinho, como é chamado, ficará no cargo para votar no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Constrangido pelo cargo que ocupou do governo petista, o ex-ministro pedirá licença para tratamento de saúde.
A decisão foi tomada na noite de ontem 22, em reunião da alta cúpula sarneyzista do PMDB.
Candidato derrotado ao governo estadual em 2014, Lobão Filho tem o seu voto definido. Ele votará a favor do afastamento de Dilma. Assim como o ex-presidente José Sarney e a ex-governadora Roseana, Lobão Filho acredita que o isolamento da petista prejudicou sua campanha ao Palácio dos Leões.
Presente no encontro, o senador João Alberto ratificou que, diferente de Lobão, assim como instruiu o seu filho, o deputado federal João Marcelo Souza, votará contra o impedimento da presidente. Ele alegou ser “um homem de palavra”, “um homem sério”, e que teria prometido a Dilma que lhe seria favorável no Senado. O senador, porém, não descartou a possibilidade de ainda repensar o voto.
Caso mude, a bancada maranhense será toda favorável ao impeachment. Além de declarar a amigos mais próximos que votará pelo afastamento da presidente Dilma, o senador Roberto Rocha (PSB-MA) tem defendido abertamente que os três senadores do Maranhão adotem uma posição fechada sobre o processo.
Atual 7

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.