sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Ex-secretário de Roseana, João Abreu tem prisão decretada

Minard

A polícia esteve na casa de João Abreu mas não o localizou
A polícia esteve na casa de João Abreu mas não o localizou
O ex-secretário da Casa Civil do Governo Roseana Sarney, João Abreu, teve a prisão decretada nesta quinta-feira (24) pela Justiça. O cumprimento do mandato foi executado pela Polícia Civil que esteve na casa dele realizando buscas mas não o encontrou.
João Abreu, ex-secretário
João Abreu, ex-secretário
João Abreu foi indiciado por suspeita de corrupção acusado de receber R$ 3 milhões em propina no caso do pagamento de precatório à Constran, no valor de total de R$ 124 milhões dividido em 24 parcelas. Esse desfecho se deu num processo que corre desde o primeiro semestre deste ano em segredo de Justiça.
Tudo por conta de depoimentos e delações premiadas colhidos na Operação Lava Jato e relatos do doleiro Alberto Yousseff, da contadora Meire Poza, e do empresário Leonardo Meirelles, feitas pela própria Polícia Civil do Maranhão.
O caso envolve além do ex-secretário e Roseana, a procuradora do Estado, Helena Maria Cavalcanti Haickel apontada como participante da reunião para combinar os detalhes da operação de suborno, realizada em setembro do ano passado entre o governo Roseana, a Construtora Constran e o doleiro Alberto Yousseff.
Helena Maria Kaickel e João Bringel
Helena Maria Kaickel e João Bringel
Outros envolvidos e citados foram João Bringel, ex-secretário Estadual de Planejamento e Graça Cutrim ex-presidente do Instituto de Previdência do Maranhão.
Ambos também foram apontados pela contadora do doleiro, Meire Poza, como participantes da reunião onde onde foram acertados os detalhes do pagamento da propina.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.