quarta-feira, 29 de abril de 2015

SUSPEITO DE ASSALTAR BANCO DO BRASIL DE BREJO É PRESO COM R$ 100 MIL



A Polícia Rodoviária Federal conseguiu abordar, durante a manhã desta terça-feira (28/04), por volta das 10 horas um carro modelo Corolla, no Posto Fiscal da PRF, localizado no km 33 da BR-343. Dentro do carro, os policiais encontraram uma mala com bastante dinheiro. Um homem identificado por Francisco Fabrício Gomes da Silva, de 33 anos, natural de Teresina/PI, foi preso e conduzido juntamente com dinheiro para a Delegacia de Polícia Federal de Parnaíba.

Ao chegar na Delegacia, os policias descobriram que o acusado tem participação com o assalto do Banco do Brasil de Brejo-MA, na semana passada. A informação foi repassada pelo delegado de polícia civil de Brejo. Inicialmente, a PF irá autuar o homem por lavagem de dinheiro, já que ele não comprovou como conseguiu a quantia.

Segundo informações extra-oficiais, dentro da mala a polícia encontrou mais de R$ 100 mil. Neste momento, o delegado de brejo, no Maranhão, está pedindo mandado de prisão para o homem, tendo em vista que testemunhas  afirmam que ele tem envolvimento com um assalto do BB realizado na semana passada.
Um funcionário da Caixa Econômica Federal está há cerca de 2 horas contando o dinheiro. O chefe da 5º Delegacia de Policia Rodoviária Federal de Parnaíba, Mário Augusto, explica como a abordagem aconteceu.
Continue lendo...
"Os policiais perceberam um veículo, foram até o local fazer a abordagem e, inicialmente, eles alegaram questão do trânsito, afirmando que não tinham saído na BR. Porém, dentro do carro, havia uma mala e dentro um saco com várias notas de 20 e 10 reais. Não souberam explicar a origem do dinheiro, pois afirmaram que era da produção de confecção, depois falaram que havia sido pego em um hotel. Ele já possui passagem pela polícia e tentou driblar o sistema”, disse.

No carro, também estavam uma mulher e uma criança de idade não revelada. Estas foram ouvidas e liberadas. Segundo o delegado da Polícia Federal de Parnaíba, Marcos Roberto, Francisco Fabrício será ouvido da Delegacia da PF, onde permanecerá detido. Será aguardada a expedição de um mandado de prisão do juiz de Brejo-MA. Caso isto não aconteça, o suspeito será liberado e responderá somente por lavagem de dinheiro.

Em depoimento na delegacia, o acusado informou que trabalha com confecções e através disso conseguiu o dinheiro. Sobre a acusação de ter participação em assaltos a banco, Francisco Fabrício negou e solicitou que o delegado de Brejo prove tal ação criminosa com imagens e testemunhas.


0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do autor desta página. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após passar por análise.